Vômito em animais - causas e tratamento - Hospital Veterinário Santa Inês

Blog Santa Inês

Vômito em animais – causas e tratamento

Você sabia que há diversos motivos para seu animal vomitar?

Por Ana Rita Pereira

 

cat eating pet food

 

Vômito é um dos principais sintomas relatados pelos proprietários de cães e gatos no serviço de Gastroenterologia. Podendo ser agudo ou crônico (quando ocorre por mais de 3 semanas seguidas), este deve ser devidamente diagnosticado e tratado sempre.

Você sabia que há diversos motivos para seu animal vomitar? A causa pode não ser necessariamente gástrica. Desde alimentos que ele não deveria comer, até doenças graves – que se não forem devidamente diagnosticadas e tratadas precocemente podem evoluir muito. Alguns exemplos de doenças que levam ao vômito são: inflamações no intestino e estômago, alergia alimentar, gastrite aguda e crônica, pancreatite, doença renal, doenças hepáticas, intoxicações etc. Com o histórico (como são os vômitos, quando começaram, qual frequência, conteúdo, se o animal come ou não, etc.) e o exame físico, podemos reduzir as possibilidades em alguns possíveis diagnósticos e assim tratar conforme necessidade e diagnóstico do paciente.

Contudo, comer plantas, mato e grama normalmente não é a causa do vômito. Os animais comem mato e grama pois já estão se sentindo nauseados. A grama tem efeito ligeiramente agressivo ao estômago e eles vomitam quase em seguida. Eles fazem isso justamente para conseguirem vomitar.

O conteúdo do vômito também é muito importante para o seu diagnóstico. Comida, saliva, espuma e bile (líquido amarelo e viscoso), por exemplo. A bile, diferente do que é dito na crença popular, não significa necessariamente que o fígado está doente. A bile é produzida pelo fígado, mas é liberada no início do intestino para fazer a digestão dos alimentos. Os animais podem vomitar bile por estarem em jejum (e aí a bile volta do duodeno pro estômago), ou por apresentar alguma inflamação no início do intestino (duodeno).

É importante ressaltar que vomitar nunca é normal. O único vômito que “aceitamos” como normal é a bola de pelos em gatos. Além desse, se seu cão ou gato vomita mais de uma vez, ou a cada duas semanas, por exemplo, você deve procurar um gastroenterologista para que ele seja diagnosticado adequadamente e iniciar o tratamento o mais rápido que possível. É muito comum ouvirmos que o paciente “sempre vomitou”. Possivelmente, este paciente possui uma doença crônica não diagnosticada.

Portanto, se o seu animal apresenta episódios recorrentes de vômito, é muito importante levá-lo ao veterinário. Procure um gastroenterologista para diagnosticar e tratar adequadamente seu cão ou gato!

Dra. Ana Rita Carvalho Pereira é Médica-veterinária do Hospital Veterinário Santa Inês